Blog

“Chancela reflete diretamente na captação de recursos”, diz ONG entre as 10 pequenas

Conheça o trabalho da Casa Arte Vida e saiba como o Prêmio tem feito a diferença por lá

Destaque por três anos consecutivos no Prêmio Melhores ONGs, a Casa Arte Vida atende, diariamente, no contraturno escolar, crianças e adolescentes com atividades multidisciplinares, como acompanhamento pedagógico, tecnologia, inglês, artes, passeios culturais, educação ambiental, mobilização social e cidadania. O trabalho tem a missão de formar  indivíduos socialmente responsáveis e críticos, comprometidos com a comunidade e a sociedade. Conversamos com sua coordenadora de projetos, Roberta Macedo, sobre os desafios e planos. Boa leitura!

O que vocês acreditam que foi fundamental para que a sua ONG fosse destaque entre as de pequeno porte? A sistematização dos processos internos de gestão e transparência, foi fundamental para os bons resultados de impacto social neste último ano. Acreditamos que estes resultados contribuíram para que fossemos reconhecidos entre tantos outros ótimos projetos sociais.

Quais são os principais desafios locais e como a sua organização contribui para minimizá-los? A zona oeste do município do Rio de Janeiro vem sofrendo as consequências do aumento demográfico nos últimos dez anos. A infraestrutura local não acompanhou a grande demanda e setores como educação, assistência social, transporte e saneamento básico foram os que mais sentiram. A organização, com seus programas e projetos, trabalha promovendo Desenvolvimento Social local por iniciativas ligadas à Educação de qualidade. A organização funciona também como uma célula de cidadania participativa, onde é possível, por meio de metodologias ativas, promover atividades para identificar os problemas e mobilizar a comunidade para solucioná-los. 

Como o Prêmio foi recebido aí e como ele tem feito diferença no trabalho? A premiação Melhores ONGs, com o destaque de estarmos entre as dez melhores de pequeno porte, nos trouxe visibilidade e ainda mais credibilidade no trabalho realizado. Uma chancela dessas, que tem o foco para questões de governança e transparência, reflete diretamente nos resultados da captação de recursos. Mais um reconhecimento de que estamos no caminho certo, apesar de todas as dificuldades.

Qual é o maior sonho de vocês para 2022? O que já está sendo feito para conquistá-lo? Nosso sonho se transformou em objetivo e, até dezembro de 2022, teremos um sistema próprio, que vai permitir maior controle e agilidade nas ações, otimizando custos para melhores resultados. Este sistema foi todo desenhado pela própria equipe que, inclusive, é composta por jovens que entraram ainda crianças na organização. Teremos um produto, uma ferramenta, pensada e elaborada por pessoas que se formaram nos projetos de Educação e Tecnologia da organização! 

O que os motiva a continuar o trabalho? A grande motivação continua sendo o ser humano e sua capacidade de transformação. Assistir ao crescimento e formação de crianças por 15 anos, acompanhando toda trajetória, com o monitoramento de indicadores específicos, nos ajudou a medir o impacto do trabalho em Educação de qualidade realizado nos projetos da ONG. Nosso objetivo principal é promover o desenvolvimento social local por meio de ações complementares à educação formal, auxiliando a formação de cidadãos socialmente responsáveis e críticos, comprometidos com a comunidade, com o meio ambiente e com a sociedade.

Foto: Casa Arte Vida

Veja também: