Blog

Credibilidade ajudar a ampliar envolvimento com a causa

Associação Vamos, uma das dez melhores organizações de pequeno porte de 2020, fala sobre desafios e importância do reconhecimento

A Associação de Cidadãos e Cidadãs Solidários – VAMOS! foi fundada em 2005 na cidade de Bacabal, no Maranhão. A missão deles é ajudar crianças, adolescentes e jovens que se encontram em situação de vulnerabilidade a desenvolverem consciência de sua realidade e apoiá-los no reconhecimento de suas capacidades e potencialidades. A ideia é que eles fiquem fortes para atuarem na sociedade de forma consciente e positiva.

A ONG ainda é pequena, mas tem pedagogos, educadores sociais, membros de movimentos sociais, profissionais liberais e estudantes muito engajados com seus valores e que já fizeram a diferença na vida de muita gente. Por isso, o trabalho foi reconhecido pelo Prêmio Melhores ONGs em 2020 e a organização ficou entre as dez melhores de pequeno porte. O Coordenador de Projetos da ONG, Manuel Lemos, é o entrevistado desta semana. E ainda tem depoimento emocionante de uma ex-aluna. Boa leitura!

Qual é o maior desafio de gestão que vocês têm hoje? Um dos nossos maiores desafios é a captação de recursos, pois desejamos ampliar o volume para que nossas ações possam alcançar um maior número de crianças, adolescentes e jovens de nossa cidade que necessitam do nosso trabalho.

Como estar entre as dez melhores ONGs de pequeno porte do Brasil ajudou a lidar com eles? Com o reconhecimento do prêmio Melhores ONGs, conseguimos mais visibilidade e credibilidade junto à sociedade, o que vem ampliando o número de pessoas envolvidas com a nossa causa.

Tem uma história inspiradora sobre o trabalho de vocês que vale a pena contar? Queremos destacar os impactos das ações na vida dos participantes através o depoimento de uma ex-aluna de um dos projetos da Associação, Fabrícia:

“Sou a Fabrícia, atualmente sou educadora no Projeto Vamos! Criança. No entanto, minha trajetória junto a esta Organização começou quando eu ainda era criança, pois sou ex-aluna. Poderia passar horas e horas relatando todas as oportunidades que o Projeto me proporcionou e que fizeram com que eu me tornasse a pessoa que sou hoje, porém vou destacar algumas características que foram essenciais e marcantes na minha vida. Moro numa comunidade periférica onde a palavra que prevalece é a carência, tanto financeira como emocional e outras. Pertenço a uma família que valoriza a educação, pois meus pais acreditam que é por meio dela que podemos mudar a condição em que nos encontramos, porém eles não tiveram as mesmas oportunidades, minha mãe concluiu apenas ensino fundamental I e meu pai não sabe ler nem escrever. No projeto, um dos ensinamentos mais relevantes é que precisamos sonhar e que tudo começa a partir de um sonho. O projeto oferece espaço onde ouvimos e somos ouvidos e aprendemos que diante dos obstáculos precisamos buscar alternativas para vencê-los. Antes do projeto eu era uma criança que tinha medo de se expressar, tímida e com baixa autoestima, características que poderiam dificultar a realização dos meus sonhos. Mas, por causa da minha vivência no Vamos!, pude me tornar uma pessoa resiliente, que vai atrás dos seus objetivos, e que procura meios para buscar seus direitos e atuar na sociedade. Finalizo me apresentando novamente, sou Fabrícia, Graduada em Letras-Português pela Universidade Federal do Maranhão, Educadora no Projeto Vamos! Criança, e foi nessa Organização que eu aprendi e entendi que vale a pena sonhar. E hoje busco transmitir um pouco das aprendizagens que me passaram.”

Foto capa: Associação Vamos!

Foto 2: Educadora Fabrícia com sua turma.

Veja também: